Conhecendo os transtornos mentais: Transtornos de Ansiedade Social

180 11

Graduação em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Residência Médica em Psiquiatria pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Título de Especialista em Psiquiatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Membro associado à Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Os transtornos de ansiedade são os mais comuns de todos os transtornos psiquiátricos e resultam em grande sofrimento e importante comprometimento funcional. A ansiedade é definida como uma sensação vaga e difusa, desagradável, de apreensão expectante que se acompanha de diversas manifestações físicas e, até certo ponto, é um estado afetivo normal e útil. Os transtornos de ansiedade surgem quando esta excede o limite da normalidade, de modo que tal sensação se torna tão intensa e desagradável que impede o funcionamento adequado do indivíduo.

O transtorno de ansiedade social (TAS) se caracteriza pelo surgimento de medo ou ansiedade intensos quando o indivíduo se depara com situações em que precisa expor-se à avaliação de terceiros. Quem tem fobia social pode ter medo de falar, comer, telefonar, trabalhar ou escrever na frente de outras pessoas; pode também ter o receio de agir de forma ridícula ou inadequada. Tal sensação de medo leva o indivíduo a evitar estas situações, prejudicando sua vida social e laborativa.

A maioria dos indivíduos, mesmo sem TAS, descreve uma sensação de ansiedade imediatamente antes de se expor a situações em que estarão sujeitos ao julgamento alheio, como apresentações para um público. Este é o chamado "desconforto social normal". Entretanto, os pacientes com TAS apresentam medo excessivo de que suas performances ou interações sociais sejam vistas como inadequadas, a ponto de levá-los ao constrangimento ou humilhação. Estas situações se apresentarão como extremamente estressantes e o paciente passará a evitá-las a todo custo. No caso de serem expostos a tais situações de estresse social, estes indivíduos manifestarão, portanto, palpitações, tremor, sudorese e rubor facial, sintomas típicos de medo e ansiedade.

expor a situações em que estarão sujeitos ao julgamento alheio, como apresentações para um público. Este é o chamado "desconforto social normal". Entretanto, os pacientes com TAS apresentam medo excessivo de que suas performances ou interações sociais sejam vistas como inadequadas, a ponto de levá-los ao constrangimento ou humilhação. Estas situações se apresentarão como extremamente estressantes e o paciente passará a evitá-las a todo custo. No caso de serem expostos a tais situações de estresse social, estes indivíduos manifestarão, portanto, palpitações, tremor, sudorese e rubor facial, sintomas típicos de medo e ansiedade.

Não existe fronteira nítida entre a timidez normal e a ansiedade social. Como todos os problemas de ansiedade fazem parte da vida psíquica normal (todos nós sentimos ansiedade em algumas ocasiões e sob certas circunstâncias), estabelecer uma linha divisória entre timidez e fobia social não é uma questão de branco e preto. Existe uma série de gradações de cinza que precisa ser observada. O que vai mostrar o momento de interferir são os prejuízos na vida da pessoa. Se ela é mais tímida e inibida, mas tem amigos, participa das entrevistas de emprego, não é solitária, consegue estabelecer relacionamentos românticos, a timidez é um traço de personalidade e não está prejudicando sua vida. Entretanto, se impedida pela timidez, não consegue encarar essas situações rotineiras e torna-se solitária, precisa de tratamento.

O transtorno de ansiedade social normalmente se inicia na infância ou adolescência (a puberdade é um período de alto risco para o começo do quadro). A instalação pode ser abrupta, após um evento estressante ou de humilhação, ou insidiosa. O curso é crônico e pode durar por toda a vida, caso não seja tratado.

O tratamento consiste na associação de medicações e psicoterapia.

Related Post

There are 11 comments

  1. Do you have any type of ideas for creating articles?
    That’s where I constantly struggle and I just finish up staring empty
    display for long time.

  2. Hi, how are you? This post has been the very best thing I’ve checked out throughout the
    day.

  3. Good post. I learn something new and challenging on websites I stumbleupon every day.

    It’s always useful to read content from other writers and use a little something
    from other web sites.

  4. Hi there to all, for the reason that I am truly eager of reading this website’s post to be
    updated on a regular basis. It includes nice stuff.

  5. Amazing things here. I’m very satisfied to peer your post.
    Thank you so much and I am taking a look ahead to contact you.
    Will you kindly drop me a mail?

  6. These are truly enormous ideas in about blogging. You have touched
    some fastidious things here. Any way keep up wrinting.

  7. excellent put up, very informative. I wonder why the opposite experts
    of this sector don’t notice this. You should continue your writing.
    I am confident, you’ve a great readers’ base already!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.