Nutrição Materno Infantil

112 0

Vários são, hoje em dia, os estudos que revelam o quanto bons hábitos alimentares têm influência na fertilidade do casal que deseja ter filhos e o quanto um estado nutricional favorável, consequente diretamente da alimentação dessa futura mamãe e desse futuro papai, é necessário para receber uma gestação.

Mas não basta pensar no engravidar, é preciso manter uma gestação saudável para gerar uma criança saudável. Outros inúmeros artigos expõem o quão determinante a vida intrauterina é para o desenvolvimento de diversas doenças metabólicas na vida adulta, além da sua enorme influência na formação do paladar desse novo serzinho.

Assim sendo, o acompanhamento nutricional da gestante é de total importância para que esse período tão especial na vida de uma mulher seja tranquilo, lhe previna carências nutricionais, garanta todos os nutrientes necessários para a perfeita evolução da gestação e do bebê, além de assegurar as reservas biológicas necessárias ao parto, ao pós parto e à lactação.

Entretanto, se esse acompanhamento gestacional não foi feito não significa que tudo está perdido em relação à essa criança, nunca é tarde para corrigir os erros nutricionais do passado, basta ter uma nova postura em relação à alimentação a partir do “agora” quando nasce o bebê, e é aí que entra com enorme valia o suporte para o aleitamento materno e o estímulo pelos bons hábitos alimentares quando este tem seus primeiros contatos com os alimentos, que então refletirão por toda sua vida.

Dessa maneira, a Nutrição Materno Infantil vem para mostrar a importância da nutrição em todo esse desenrolar de vida e como um alicerce na formação de saúde e na ajuda ao combate aos obstáculos contrários e desfavoráveis a ela.

Related Post